11 de ago de 2008

Um breve estudo sobre títulos publicitários

Hoje publicarei um breve estudo sobre títulos publicitários. Um resumão formado por trechos que selecionei do livro do Carlos Domingos, Criação sem pistolão, a respeito desta tema. Boa leitura.

_____________________________________________________________

"A menos que você seja repentista, vai ter que fazer muitos títulos até chegar num bom. Eu só conheço este jeito de fazer bons títulos: fazer muitos. Quando digo muitos, quero dizer 50, 100, 200... até chegar lá e acertar. O melhor método de trabalho que existe é o darwiniano: ter muitas idéias, mas só as melhores sobrevivem."

"Os títulos devem ser interessantes, simples, impactantes, diretos e, de preferência, curtos. O bom título fala muito usando poucas palavras. Treine reduzir cada vez mais seus títulos. A idéia fica mais poderosa quando a frase é menor. Como afirmou Tom Jobim:
- Propaganda tem a linguagem do bandido. Não tem tempo para explicar: é a bolsa ou a vida."

"Outra função do título é selecionar o público. No meio da multidão, chamar a atenção das pessoas certas. Por isso, antes de sair criando, procure saber o que interessa ao seu consumidor."

Segundo David Ogilvy: "O título é lido 5 vezes mais que o texto."

____________________________________________________________

2 comentários:

Tiago disse...

Tiagão, ótima seleção. Eu também gostei desse livro pacas.

juliano santana disse...

Isso me lembrou aquele título:
"Um anão vestido de palhaço mata oito na Croácia."

Um título desses vale por toda a matéria. Quero ver quem não vai ter curiosidade pra ler a notícia completa como essa por exemplo num site. (risos)

Isso ocorre bastante no site do G1.com.br.

Muito bom!