28 de ago de 2008

A arte de cortar palavras | Voltaire

Para a reflexão de todos os redatores de plantão.

"Escrever é a arte de cortar palavras".
Voltaire, filósofo francês.


- Veja uma frase similar citada neste post.


27 de ago de 2008

Hiléa | Famiglia

A campanha de hoje serve para ilustrar o que já disse no blog há muito e muito tempo atrás, quando mencionei que os títulos nem sempre devem ser pequenos para serem bons.

Confira os anúncios abaixo, em especial o primeiro, pois o título está dividido em 4 tempos com repetição da idéia em todos. Não é pequeno nem grande mas o suficiente para transmitir a mensagem.


Palestra com Zeca Martins | Redação Publicitária

Nesta sexta-feira, dia 29 de agosto, haverá uma palestra com o redator Zeca Martins em Santa Bárbara d`Oeste, interior de São Paulo, próximo de Campinas. Caso tenha oportunidade de assistir, não perca. A palestra faz parte da 2º Semana de Comunicação Social da Anhangüera Educacional e a entrada será franca.

Zeca Martins além de redator é autor de vários livros, entre eles:
- Redação Publicitária: a prática na prática
- Propaganda é isso ai!

Sobre a palestra:
Data: 29/08
Horário: 19h
Local: Rua Juscelino Kubitschek de Oliveira 1450 - 13450-401 SANTA BARBARA D'OESTE - SP
Telefone: (19)3463-8456

25 de ago de 2008

Oportunidade para SKY | Giovanni+DraftFCB

Tenho mania de achar que todo anúncio de oportunidade é uma puta sacada. Pois, além dos bons argumentos e da boa sacada publicitária, tem ótimas redações. Já repararam como é dificil veicular campanhas de oportunidade visuais.

Bom, deixando as idéias de lado vamos ao que interessa, criado pela Giovanni+DraftFCB, o anúncio abaixo aproveita o início do horário eleitoral para vender a SKY. Confira.

24 de ago de 2008

Miguel Bemfica | Desencannes em Cannes

O vídeo abaixo mostra Miguel Bemfica, redator e fundador da Escola Cuca, junto com o Desencannes revelando as pérolas presentes no Festival de Cannes. Vale a pena ver para descontrair a segunda-feira.

22 de ago de 2008

A Nike, a olimpíada e um texto piada

Com a atual situação do Brasil nas olimpíadas e com a derrota no futebol masculino para a Argentina, o apelo dos anúncios abaixos passaram de emocional para humorísticos na minha opinião, é claro. Pois é, por esta nenhum redator esperava. Agora me pergunto, será que hoje eles escreveriam o mesmo texto?


P.S.: Nada contra os textos criados pela F/Nazca, mas acho que com a derrota brasileira eles ficaram meio fora de forma, assim como o Ronaldinho.

20 de ago de 2008

Nike e Olimpíadas | F/Nazca

Para não ser uma exceção e não postar nada sobre as olimpíadas. Campanha criada pela F/Nazca para a Nike sob o mote Just do it. Diferente dos resultados do Brasil nos jogos olimpícos, o texto do anúncio é muito bom, simples e direto.

18 de ago de 2008

Jardim Leopoldina | Ogilvy FAV

Não é uma puta sacada mas o título é um bom exemplo de adequação, certeza que o publíco-alvo "pai" irá adorar este anúncio.

17 de ago de 2008

ESPN | Saatchi & Saatchi Singapura

Mais uma da série de campanhas em que o conceito é transformado em anúncio visual. All day, everday foi a bola da vez. Este post só reforça o que já foi dito aqui no blog, campanha é igual conceito mais idéia.


Criação da Saatchi & Saatchi de Singapura

15 de ago de 2008

Caninha 51 | Gruponove

Anúncio de oportunidade criado pela pernambucana Gruponove para a Caninha 51 em homenagem ao garçom pelo seu dia, 11 de agosto. Recorte o anúncio, assine e dê para o seu garçom. Pois é, a 51 teve uma boa idéia.

13 de ago de 2008

TO DO | Painel de Post-it

Uma puta idéia feita pela Illegal Art, um grupo de artistas independentes dos Estados Unidos, que tem por objetivo criar "ações" capazes de interagir com o público. Vale a pena conhecer este e outros projetos. Pensando em publicidade, este projeto viraria uma boa campanha, uma boa ação ambiente, uma boa mídia espontânea e por ai vai.





Fonte: blog da agência Ginga.

11 de ago de 2008

Unimed Rio | F/Nazca S&S

Campanha criada pela F/Nazca para a Unimed Rio. Anúncios com apelos visuais passam com perfeição o ar de tranquilidade, apenas um título e a assinatura da campanha ajuda a reforçar a mensagem. Bons títulos, vale a pena vê-los.




Um breve estudo sobre títulos publicitários

Hoje publicarei um breve estudo sobre títulos publicitários. Um resumão formado por trechos que selecionei do livro do Carlos Domingos, Criação sem pistolão, a respeito desta tema. Boa leitura.

_____________________________________________________________

"A menos que você seja repentista, vai ter que fazer muitos títulos até chegar num bom. Eu só conheço este jeito de fazer bons títulos: fazer muitos. Quando digo muitos, quero dizer 50, 100, 200... até chegar lá e acertar. O melhor método de trabalho que existe é o darwiniano: ter muitas idéias, mas só as melhores sobrevivem."

"Os títulos devem ser interessantes, simples, impactantes, diretos e, de preferência, curtos. O bom título fala muito usando poucas palavras. Treine reduzir cada vez mais seus títulos. A idéia fica mais poderosa quando a frase é menor. Como afirmou Tom Jobim:
- Propaganda tem a linguagem do bandido. Não tem tempo para explicar: é a bolsa ou a vida."

"Outra função do título é selecionar o público. No meio da multidão, chamar a atenção das pessoas certas. Por isso, antes de sair criando, procure saber o que interessa ao seu consumidor."

Segundo David Ogilvy: "O título é lido 5 vezes mais que o texto."

____________________________________________________________

8 de ago de 2008

Dia dos Pais | Xerox

Anúncio alltype em homenagem ao dia dos pais. Ouro no 1° anuário do Clube de Criação São Paulo. Clássico.


Agência: Caio Domingues & Associados
Redator: José Monserrat Filho
Direção de arte: Júlio Shimamoto

5 de ago de 2008

Venko | Agnelo Pacheco

Para voltar às origens do blog uma campanha impressa com ótimos títulos que serve de referência para todos. Criação da Agnelo Pacheco.



1 de ago de 2008

Serenata de Amor | W/Brasil

Para continuar com o tema abordado no post da Natura, redação poética em roteiros, hoje publicarei uma campanha criada pela W/Brasil para o bombom Serenata de Amor em que o tom poético da narração é evidente. Ótima campanha.



Anúncio indicado pelo leitor Bruno G. Armelin. Obrigado.